PSICÓLOGA

CRP 06/84018

Av. Leôncio de Magalhães, 1004, conj. 95, 9o andar - Jardim São Paulo - São Paulo - SP 02042-001

 (ao lado do metrô Jd. São Paulo)

 Zona Norte - proximidades: Tucuruvi, Parada Inglesa, Santana, Imirim, Casa Verde, Mandaqui.

011-98516-4141

  • Instagram

PSICOTERAPIA

quando procurar por um psicólogo

São diversos os motivos pelos quais se busca auxílio psicológico. Desde questões mais gerais, existenciais e amplas à temas mais específicos, focados e emergenciais. A psicoterapia ajuda desde o autoconhecimento à dificuldades interpessoais. Diversas queixas e situações são tratadas em consultório: relacionamentos, amigos, família, colegas, trabalho, dificuldades em lidar com as adversidades e mudanças da vida, estresse, ansiedade, inseguranças, depressão e transtornos psiquiátricos (do humor, do pânico, obsessivo compulsivo, estresse pós-traumático, alimentares, fobia social entre outros). Veja abaixo algumas situações mais frequentes e como a psicoterapia pode te ajudar a enfrentar dificuldades e conflitos.

Reserve um tempo para cuidar de você!

TEMAS E QUEIXAS

Reserve um tempo para cuidar de você!

TEMAS E QUEIXAS

AUTOCONHECIMENTO

A psicoterapia é um processo de conhecimento, mudança e crescimento. É possível fazer uma releitura de si, dos outros, do mundo e por consequência, obter uma maior compreensão sobre questões da vida. Compreenda seus potenciais, suas dificuldades e como lidar com elas. Viva em harmonia com você mesmo e com o universo.

RESILIÊNCIA

Todos nós enfrentamos adversidades da vida. Algumas mais difíceis e outras nem tanto. Desenvolva, na psicoterapia, a capacidade de lidar com problemas de forma positiva e produtiva. Aprenda a ler as situações da vida com clareza e a agir com assertividade em todos os domínios: individual, social, familiar, profissional e saúde. Resiliência faz bem à saúde e ao equilíbrio mental.

RELACIONAMENTOS

Com a psicoterapia você aprende a lidar melhor com seus sentimentos e a expressá-los de forma assertiva. Se viver é uma arte, conviver é uma habilidade que pode sempre ser aprimorada com a compreensão de si mesmo, do outro e dos conflitos inerentes à qualquer relação. Lide melhor com ciúmes, inseguranças, término de relacionamento, questões conjugais, entre outras situações.

ANSIEDADE

Na ansiedade a pessoa fica geralmente apreensiva à espera de algo. Muitas vezes, crenças distorcidas leva o indivíduo a acreditar que algo ruim está por acontecer ou uma sensação de que as coisas não vão dar certo. Se você sempre pensa assim, sente-se comumente aflito ainda que sem um motivo aparente ou sofre de algum transtorno de ansiedade, a psicoterapia cognitivo comportamental pode te ajudar.

HABILIDADES SOCIAIS

Somos todos seres sociais e a maneira como cada um interage e se comunica pode definir se o indivíduo se relaciona de forma adequada e assertiva. Aprenda a reconhecer qual o seu padrão de comportamento e se ele favorece a qualidade das suas interações. Aprenda a ser empático, expressar seus sentimentos, manifestar suas opiniões e ter uma postura adequada ao tipo de situação enfrentada.

DEPRESSÃO

Na depressão o desânimo e a negatividade são comuns. Aquilo que tinha prazer passa a não ter mais. O indivíduo sente-se sem energia e sem vontade de estar com as pessoas, levando o muitas vezes a se isolar. Com o tempo nada e nem ninguém gera interesse. Se você se sente assim e comumente deprimido, mesmo que sem motivo aparente, procure ajuda.

TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS

Transtornos causam sofrimento e prejuízo, muitas vezes, nos vários setores da vida (conjugal, familiar, acadêmico, trabalho e vida social). Ter a vida em desordem pode causar grande angústia dia após dia. A psicoterapia cognitivo comportamental oferece tratamento para os transtornos, e em muitos casos, junto ao tratamento psiquiátrico e medicação, para restabelecer a qualidade de vida.

ESTRESSE

Na psicoterapia você poderá aprender técnicas de respiração, relaxamento muscular e meditação. Pratique uma nova forma de enxergar as situações da vida, perceber novas alternativas e a se adaptar às situações mais difíceis minimizando-as com boas práticas e organizando prioridades. Identifique os fatores estressores e quais as alternativas para lidar com as situações de forma equilibrada.

ADOLESCENTES - ADULTOS - CASAIS

Tratamento individual para adolescentes, adultos e terapia de casal.