PSICÓLOGA

CRP 06/84018

Av. Leôncio de Magalhães, 1004, conj. 95, 9o andar - Jardim São Paulo - São Paulo - SP 02042-001

 (ao lado do metrô Jd. São Paulo)

 Zona Norte - proximidades: Tucuruvi, Parada Inglesa, Santana, Imirim, Casa Verde, Mandaqui.

011-98516-4141

  • Instagram

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) 

definição, sintomas e tratamento

O que é
Presença de obsessões (pensamentos repetitivos e persistentes) e/ou compulsões (rituais). Os pensamentos não são voluntários e nem prazerosos, de modo que o indivíduo se vê compelido a executar rituais ou regras que acreditar precisar realizar e assim obtém um alívio imediato para sua ansiedade e sofrimento (ex.: pensamentos de contaminação levam o indivíduo a tomar banho várias vezes ou durante horas todos os dias). As obsessões e compulsões tomam tempo e não possuem uma conexão realista com o que procuram evitar, além de se apresentarem comportamentos excessivos. 

Sintomas
•    pensamentos, imagens ou impulsos intrusivos, indesejáveis e persistentes
•    comportamentos repetitivos (lavar as mãos, organizar) ou atos mentais (orar, contar ou repetir palavras em silêncio)
•    os comportamentos ou atos mentais são tentativas de prevenir ou reduzir algum evento temido

Tratamento Psicoterápico

Para casos de TOC, a terapia cognitivo comportamental visa corrigir aprendizagens erradas por novas aprendizagens. Atua combinando técnicas cognitivas para correção de crenças e pensamentos distorcidos testando a veracidade, com técnicas de exposição e prevenção de resposta, em que o indivíduo é exposto ao objeto, situação ou ideia temida (diretamente ou pela imaginação com o acompanhamento terapêutico) e encorajado a não realizar os rituais e assim se habituando e diminuindo sua ansiedade. 

Referências
American Psychiatry Association (APA). Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-5. Porto Alegre: Artmed, 2014.
Koran, L. M., Chair, M.D., Gregory L., Hanna, M.D., Eric Hollander, M.D., Gerald Nestadt, M.D., Helen Blair Simpson, M.D. American Psychiatric Association. Practice Guideline for the Treatment of Patients With Obsessive-Compulsive Disorder. Am J Psychiatry, 2007.